• Caop Saúde Pública

Correio da Saúde - Informe nº 913

Informe nº 913 | Curitiba, 15 de junho de 2016

Você sabia que ...

“O Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido é considerado um dos melhores do mundo, embora a porcentagem do PIB investida em saúde seja de aproximadamente 9%, similar à aplicada no Brasil. De moradores de rua a membros da família real, todos os cidadãos têm igualdade de acesso e a mesma qualidade de atendimento.

Um milhão de pacientes são tratados a cada 36 horas pelo NHS, que é atualmente, o terceiro maior empregador do mundo – só atrás do exército chinês e do sistema ferroviário da Índia –, com cerca de 1,2 milhão de pessoas responsáveis por atender os 60 milhões de cidadãos do país”.


Folha de São Paulo, 5/6/2016

Implantação do Sistema Protege (internação psiquiátrica involuntária) nas Promotorias do interior

No último dia 25 de maio, o CAO Saúde finalizou a segunda fase de implantação do Sistema Protege, desenvolvido para registro das internações psiquiátricas involuntárias, junto as Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública da Região Metropolitana de Curitiba (Campo Largo, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais). O instrumento esteve em teste na PJ de Curitiba desde dezembro do ano passado e registrou, em sete meses, 698 internações do gênero.

A próxima etapa consiste na implementação do Sistema Protege no interior, naqueles municípios onde há estabelecimentos de saúde que podem receber internações psiquiátricas involuntárias.

As reuniões ocorrerão nos próximos dias 21, 22 e 28 de junho, em União da Vitória, Irati e Paranaguá, respectivamente. Delas participarão, além dos promotores de Justiça, os diretores dos estabelecimentos que promovem internamentos, representantes das secretarias Estadual e Municipais da Saúde e, de onde houver, membros das Comissões Revisoras de Internamento (CERIPI). A previsão é a de que até o final do ano o Sistema esteja operando integrado em todo território do Estado, interligando todas as promotorias de Justiça.

Fotos das apresentações do Sistema em Curitiba (na linha 1) e Região Metropolitana (na linha 2). Clique para ampliá-las.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ
Clique aqui se não deseja receber mais o Correio da Saúde. Pesquise outras edições do Correio aqui.
Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem