• Caop Saúde Pública

Edição nº 1019 - 5 de setembro de 2018

Edição nº 1019 - 5 de setembro de 2018

Nova edição do Programa Pró-Conselho

O Programa de Apoio e Fortalecimento dos Conselhos Municipais de Saúde - Pró-Conselho, do CAOP Saúde, foi idealizado para oferecer aos órgãos de controle social um conjunto de atividades, debates e informações, com a finalidade de conferir maior esclarecimento, autonomia e resolutividade ao exercício das suas atribuições.

Trata-se de um espaço coletivo de exposição de problemas e de proposição de soluções para enfretá-los, que ocorre em conjuntos de municípios selecionados em razão de sua localização geográfica e pelas similaridades no que atine a questões assistênciais em matéria de saúde pública.

O embrião da proposta data de 2014, fruto de atividades realizadas pelo CAOP no litoral. Em 2017, as ações junto aos conselhos do litoral foi intensificada tornando-se, então, oficialmente um Programa do Centro de Apoio.

Além do litoral, a iniciativa já ocorreu na região Norte, envolvendo os os Conselhos dos Municípios de Ibiporã, Bela Vista do Paraíso, Primeiro de Maio, Jataizinho e Sertanópolis.

No último dia 28 de agosto do corrente ano, foi iniciado um novo ciclo do Pró-Conselho, na região Sul, envolvendo os Conselheiros de Saúde, gestores púlbicos das três esferas de governo, além de membros do Ministério Público de Mangueirinha, Palmas, Coronel Domingos Soares, Clevelândia e Mariópolis.

A programação contou com partipação da técnica do Ministério da Saúde, Nathália da Silveira Derengowski, dos Promotores de Justiça Eduardo Garcia Branco (Palmas), João Luiz Marques Filho (Mangueirinha) e Francisco Davi Fernandes Peixoto (Clevelândia), além dos membros do CAOP Saúde, o Procurador de Justiça Marco Antonio Teixeira e a Promotora de Justiça Caroline Chiamulera.

Dentre os temas tratados foram apontadas as dificuldades de controle dos relatórios de gestão pelos conselheiros, os limites de suas atribuições, os programas financiados pelo Ministério da Saúde, bem como a apresentação da Ficha de Situação Sanitária do Município de Palmas (FIS).

O 2º módulo foi agendado para 30 de outubro, em Mangueirinha/PR.

 

 

 

 

 
Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem