• Caop Saúde Pública

Edição nº 1071 - 8 de novembro de 2019

Edição nº 1071 - 8 de novembro de 2019

De suicídios e internações psiquiátricas

Os registros de internamentos psiquiátricos involuntários por transtorno mental no Paraná.

Nos últimos anos, o crescimento do número de pessoas diagnosticadas com transtornos mentais têm preocupado profissionais da saúde. Essa realidade se reflete diretamente no volume de atendimentos e a consequente na sobrecarga dos serviços de atenção psicossocial, que não foram dimensionados para atender a essa demanda.
Levantamento realizado por meio do Sistema Protege – Proteção à Pessoa Acometida de Transtorno Mental –, desenvolvido pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública do Ministério Público do Paraná (CAOP Saúde), para o registro das internações e altas psiquiátricas involuntárias, revela que, entre 1º de janeiro de 2017 a 31 de outubro de 2019, foram 6.866 internações de pacientes com transtorno mental em todo o Estado (ver quadro abaixo).
O quantitativo total das internações é ainda maior, pois o Protege não computa as internações compulsórias, nem as voluntárias.
            

As internações psiquiátricas infanto-juvenis associadas à tentativas de suicídio.

Em termos nacionais, pesquisa da Sociedade Brasileira de Pediatria indicou aumento substancial das internações de crianças e adolescentes por transtorno mental, a partir de 2018. Após cinco anos de estabilidade, naquele ano houve um acréscimo de 36% de internações de crianças de 10 a 14 anos e 12% daqueles de 15 a 19 anos (apenas no SUS).
Embora as causas sejam multifatoriais, especialistas conjecturam que as tentativas de suicídio podem estar impulsionando esses aumentos. Dados consolidados do Sistema Nacional de Notificação de Agravos em Saúde, entre 2013 e 2017 apontam que, nesse período, as tentativas de suicídio entre crianças passou de 1.719 para 5.596 casos (variação de 225%) e na faixa dos 15 a 19 anos subiu de 4.605 para 13.443 casos (192% de incremento).

O Brasil vai mal. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o índice mundial de tentativas de suicídio caiu 9,8% nos últimos sete anos, enquanto que aqui, na contramão dos demais países, houve acréscimo de 7%.

 

 

 

_______________

Fonte: FSP, Saúde, 27/10/2019.

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem