• Caop Saúde Pública

Correio da Saúde - Informe nº 539 - 02/07/2009

Sistema ÚNICO de Saúde?


O jornal O Estado de São Paulo, edição de 25/4/09, publicou a notícia intitulada "Seis meses no Senado garantem plano de saúde familiar vitalício". O benefício de 81 senadores e 310 ex-parlamentares custaria R$ 17 milhões por ano à Casa.

Segundo apurado, para ter direito ao sistema de saúde fechado, mantido pelas verbas públicas, é necessário ocupar o cargo por apenas 6 meses. O benefício é extendido aos familiares do parlamentar, sem limitação de valor, e cobre até o pagamento de cirurgias e tratamento médico no exterior.

Alguns números despertam a atenção, tais como:

- previsão orçamentária mínima de R$ 80 mil por ano para gastos de saúde de cada senador e dos seus familiares. (cerca de R$ 7 mil por mês);

- verba de R$ 25 mil ao ano para tratamento psicológico e dentário dos senadores e familiares;

- 310 ex-senadores e pensionistas com direito vitalício ao pagamento de saúde financiado pelo Senado;

- desnecessidade de contribuição, por ex-senadores e familiares, para ter direito ao sistema de saúde;

- estimativa de gasto na ordem de R$ 9,6 milhões por ano com o pagamento de despesas de saúde de ex-senadores e pensionistas.

Para ler a matéria jornalística na íntegra, clique aqui.
Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem