• Caop Saúde Pública

Correio da Saúde - Informe nº 636 - 02/09/2010

CORREIO DA SAÚDE

 

VENTRE LIVRE

O MPF de São Paulo ajuizou ACP contra a Agência Nacional de Saúde Suplementar-ANS, objetivando conter o elevado índice de cirurgias cesarianas realizadas no Brasil, no âmbito dos planos privados de saúde.

Segundo narrado, a realização de uma cirurgia cesariana acarreta maiores riscos de morte materna e de morte fetal em comparação com o parto normal, além de outras complicações. A decisão pela realização da cirurgia só se justifica se presentes outros riscos para o nascimento por parto normal, maiores e mais graves que aqueles.

O Ministério da Saúde divulgou levantamento comparativo - do ano de 2009 - entre as mortes ocorridas nos dois tipos de parto, sendo ele:

• partos normais: 1.293.993, com 188 mortes;
• cesáreas: 678.400, com 336 mortes.

O porcentual admitido de cesáreas, pela OMS, é de 15%. No Brasil, em 2004, chegou-se, na rede privada, a 79,7%.

Outro ponto destacado é que apenas as políticas de promoção e esclarecimento da população não vêm dando resultado, além do que, a maioria dos médicos que recebem sua remuneração dos planos de saúde não pratica partos normais.

Pede-se, em juízo, que a ANS determine aos planos de saúde que forneçam a seus beneficiários, a pedido destes e em prazo determinado, os porcentuais de cesarianas e partos normais efetuados pelos obstetras e hospitais remunerados pela operadora no ano anterior; defina um modelo de partograma e o estabeleça como documento obrigatório a ser utilizado em todos os nascimentos, como condição para recebimento da remuneração da operadora; estabeleça que a remuneração dos honorários médicos a serem pagos seja proporcional e significativamente superior para o parto normal em relação a cesariana, em montante a ser definido pela ANS segundo seus critérios técnicos.

 

Clique aqui para ler a íntegra da petição.

 

Estatísticas Partos Porcentagem do
Total de Partos
Partos com Mortes Porcentagem do
Total com Mortes
Partos Normais 1.293.993   65,61 %  188   0,0145 % 
Cesáreas 678.400   34,39 %  336   0,0495 % 
Total 1.972.393   100 %  524   0,0266 % 

 

Observação:
A incidência de mortes em cesáreas, conforme quadro acima, é 3,4 vezes maior do que em partos normais.

 

Matérias relacionadas: (link interno)
»  Correios da Saúde (índice)

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem