• Caop Saúde Pública

Of. Circular nº 9/10 - Dengue no Paraná

Of. Circular nº 9/10-CAO/Saúde-i
(c)
Curitiba, 7 de dezembro de 2010

 

Caro(a) Colega:

 

A se julgar pelos recentes informes técnicos oriundos do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, espera-se, novamente, um grande aumento dos casos de contágio de Dengue no Paraná.

O recém publicado Levantamento Rápido do Índice de Infestação de aedes aegypti (LIRAa), versão 2010, do MS [clique aqui], dá conta de que três municípios (Cianorte, Nova Esperança e Sarandi), passam a constar em situação de alerta, porquanto apresentam índice de infestação predial de 1% a 3,9%. (*)

Já a SESA PR, em seu Boletim Epidemiológico 10/2010 [clique aqui], alerta que, dos 399 municípios do Estado do Paraná, 263 municípios estão infestados, sendo que, dos 136 não-infestados 4 estão iniciando esse processo, ou seja, começaram a apresentar a presença do mosquito vetor em domicílios.

A gravidade do quadro se evidencia ante os números já divulgados em 2010: mais de 32 mil casos confirmados, sendo 31.481 autóctones e 15 óbitos.

Ao MP, conquanto não lhe seja deferida atribuição de enfrentamento primário, pode e deve, com suas ações, contribuir no conjunto de esforços de combate à moléstia. Inclusive, e se for o caso, provocando a participação do respectivo conselho local de saúde.

Mister ressaltar que a página do CAO, no tópico da Dengue [clique aqui], e também o banco de petições, encontram-se em constante atualização e com vasto material de apoio à disposição, que deve ser adequado, se necessário, à situação que se apresente localmente.

Na oportunidade, em que ratificamos permanecer à disposição para quaisquer outros esclarecimentos e subsídios técnicos, renovamos-lhe nossas expressões do mais elevado apreço e estima pessoal.

 

Marco Antonio Teixeira
Procurador de Justiça
 
Luciane Maria Duda
Promotora de Justiça
 
Simone Maria Tavarnaro Pereira
Promotora de Justiça

 

 

Nota do texto:
(*)
De acordo com o Programa Nacional de Controle da Dengue – PNCD, Índice de Infestação Predial – IIP entre 1,00% e 3,99% é alerta para ocorrência de epidemia e igual ou superior a 4,00% é risco de ocorrência de epidemia de dengue.

 

 

Matérias relacionadas: (links internos)
»  Dengue - Índice
»  Dengue - Referências Práticas - Índice
»  Ofícios Circulares - Índice

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem