• Caop Saúde Pública

Correio da Saúde - Informe nº 789 - 14/08/2013

Edição nº 789 | Curitiba, 14 de agosto de 2013

erros em hospital

As falhas mais comuns acontecidas em hospitais, tais como medicações trocadas ou operação de membros errados, poderiam ser evitadas.

É a conclusão de estudos feitos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), apresentados no Congresso de Qualidade em Serviços de Saúde.

No Brasil, o índice de problemas evitáveis varia de 66,7% a 73%. Em outros países, a incidência é de 27% (França) a 51% (Austrália). Em números absolutos, isso significa que, em 2008, dos 11,1 milhões de internados no SUS, 563 mil foram vítimas de erros evitáveis.

Essas conclusões estão em matéria publicada no caderno saúde+ciência, da FSP, de 29/7/13, p. C5.

saúde da população negra

Você sabia que existe a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra definindo os princípios, objetivos, diretrizes e responsabilidades voltados para a melhoria das condições de saúde dessa parte da população ? Ela inclui ações de cuidado, promoção à saúde e prevenção de doenças, bem como de gestão participativa, controle social e formação de trabalhadores de saúde, visando à promoção da equidade em saúde da população negra.

A proposta do Ministério da Saúde leva em conta as desigualdades que acometem esta população e o reconhecimento de que as suas condições de vida resultam de injustos processos sociais, culturais e econômicos acumulados ao longo da história do país.

A Política Nacional de Saúde Integral da População Negra é regulada pela PT. GM/MS nº 992/09.

ingerindo veneno

Empresas transnacionais (como a Basf, Bayer, Monsanto, Du Pont, Sygenta, Bungue, Shell química, etc.), comemoraram o fato de o Brasil ter se transformado no maior consumidor mundial de venenos agrícolas.

Apenas no ano de 2008, foram utilizadas cerca de 713 milhões de toneladas, uma média de 3.700 quilos por pessoa.

As lavouras que mais usam agrotóxicos são: cana, soja, arroz, milho, fumo, tomate, batata, uva, moranguinho e hortaliças.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, esta é a principal origem da doença, depois do tabaco. Outras pesquisas, com a do professor Vanderley Pignati, da UFMT, dão conta de que nos municípios de grande produção de soja, com uso intensivo de venenos, os índices de abortos e má formação de fetos são quatro vezes maiores do que o normal.

Essas e outras constatações estão no artigo "Agrotóxicos no seu estômago", de João Pedro Stédile.

Leia-o aqui.


saúde no estatuto da juventude

O recém promulgado Estatuto da Juventude (Lei Federal nº 12.852/2013) contempla parte específica sobre a política de atenção à saúde do jovem que será desenvolvida com diretrizes como:

  • Acesso a serviços de saúde humanizados e de qualidade, que respeitem as especificidades do jovem, com especial ênfase ao atendimento e à prevenção dos agravos mais prevalentes;
  • garantia da inclusão de temas relativos ao consumo de álcool, tabaco e outras drogas, à saúde sexual e reprodutiva, com enfoque dos direitos sexuais e reprodutivos nos projetos pedagógicos dos diversos níveis de ensino;
  • reconhecimento do impacto da gravidez planejada ou não, sob os aspectos médico, psicológico, social e econômico;
  • veiculação de campanhas educativas relativas ao álcool, ao tabaco e a outras drogas como causadores de dependência; e,
  • prevenção do uso e abuso de álcool, tabaco e outras drogas, inclusive esteróides anabolizantes e, especialmente, crack.

Clique aqui para ler o Estatuto da Juventude.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem